Vazamentos de dados podem custar bilhões a uma empresa, diz IBM

Vazamentos de dados de empresas e serviços estão, infelizmente, se tornando cada vez mais comuns. Além dos danos à imagem da empresa, eles também têm um custo monetário, calculado pela IBM em uma nova versão de seu relatório “Cost of a Data Breach” (O custo de um vazamento de dados).Segundo o documento, o custo “médio” de um vazamento é de US$ 3,86 milhões (cerca de R$ 20 milhões). Esse valor caiu 1,5% em relação a 2019, mas remediar um “mega” vazamento envolvendo os dados de mais de 50 milhões de consumidores pode custar até US$ 392 milhões (mais de R$ 2 bilhões), um aumento de pouco mais de 1% em relação ao ano passado.O custo por registro de usuário envolvido em roubo ou vazamento de dados pode chegar a US$ 175 (R$ 904). O estudo foi realizado pelo Instituto Ponemon, com base em entrevistas com 3.200 profissionais de segurança que trabalham em empresas que sofreram um vazamento de dados no último ano.O comprometimento de contas de funcionários é atualmente um dos fatores mais caros nos vazamentos de dados, elevando o custo médio de um incidente para US$ 4,77 milhões (R$ 24,6 milhões). Quando contas internas são envolvidas, 80% dos incidentes resultam na exposição de registros e dados de usuários.Segundo a IBM, contas comprometidas foram usadas como ponto de entrada para os criminosos em um de cada cinco vazamentos, o que levou à exposição de 8,5 bilhões de registros de usuários apenas em 2019. A má configuração de serviços na nuvem foi responsável por quase 20% das invasões a redes.A exploração de vulnerabilidades de terceiros, como ataques “dia zero” ou falhas de segurança não corrigidas, também é um fator custoso em vazamentos. Uma empresa afetada por tais vulnerabilidades pode esperar pagar US$ 4,5 milhões em média.Segundo a IBM, inteligência artificial, aprendizado de máquina e automação podem ser ferramentas valiosas para reagir a vazamentos de dados, reduzindo o tempo de resposta a um incidente em até 27%.”Numa época em que as empresas estão expandindo sua presença digital em um ritmo acelerado e a falta de talento na indústria de segurança persiste, as equipes estão sobrecarregadas protegendo mais dispositivos, sistemas e dados”, diz Wendi Whitmore, vice-presidente da IBM X-Force Threat Intelligence.”Quando se trata da capacidade das empresas de mitigar o impacto de um vazamento de dados, estamos começando a ver uma clara vantagem das empresas que investiram em tecnologias automatizadas”, afirmaFonte: ZDNet
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp