E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

Soldado da Polícia Militar, que já morou em Vazante, morre em Patos de Minas com suspeita de Hantavirose

O soldado da Polícia Militar Rafael Emílio, de apenas 26 anos, morreu nesta quinta-feira (26) em Patos de Minas. A causa da morte ainda será investigada, mas a principal suspeita é de que ele tenha sido acometido pela Hantavirose.  O militar estava internado em um Hospital particular da cidade.

O soldado Rafael Emílio fazia parte dos quadros do 15° Batalhão da Polícia Militar de Patos de Minas e estava lotado na cidade de Arapuá. Antes de ingressar na Polícia Militar de Minas Gerais, Rafael Emílio trabalhou no Presídio Sebastião Satiro onde fez muitos amigos. Ele está sendo velado no Velório Bom Pastor na Avenida Paracatu. O sepultamento está previsto para as 16h desta sexta-feira (27) no  Cemitério de Santa Cruz.

Ex-morador da cidade de Vazante, o soldado Rafael Emílio é muito conhecido na cidade. Morou vários anos na cidade com sua familia, seu pai Sargento Ivair, já atuou aqui como policial. Vários amigos estão comovidos com o ocorrido. (atualizado 27/04/2018 as 11:38)

Sobre a Hantavirose

A Hantavirose é uma doença grave transmitida ao homem através das fezes, urina e saliva de ratos silvestres. Os sintomas podem ser confundidos com os de um simples resfriado, mas as complicações podem levar a morte em boa parte dos pacientes. No Brasil, 46% dos casos evoluem para óbito.

Fonte: Patos Hoje

Editado: Vazante.net

Fechar