Qualcomm prevê queda nas entregas de smartphones no próximo trimestre

Durante o anúncio de seus resultados financeiros para o segundo trimestre de 2020, a Qualcomm reduziu suas previsões para entregas de smartphones no próximo trimestre em 30%. Isso, além de uma redução de 21% que já havia sido notada no trimestre que se encerrou.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Segundo a empresa, há três fatores que podem impactar as suas vendas, e as dos produtos de seus clientes, nos próximos meses: o efeito das políticas governamentais para controle da Covid-19 nos negócios e na confiança dos consumidores, a demanda pelos smartphones vendidos por empresas que usam seus produtos e o estado global da cadeia de suprimentos, redes de distribuição e força de trabalho.

Reprodução

Vale lembrar a diferença entre entregas (shipments, em inglês) e vendas: a primeira representa uma transação entre o fabricante e um distribuidor ou varejista, e a segunda é a transação envolvendo o varejista e o consumidor final. É possível ter muitas entregas e poucas vendas: por exemplo, quando um produto “encalha” no estoque.

Ainda assim, a empresa teve uma arrecadação de US$ 5,2 bilhões no Q2 2020, superando sua previsão de US$ 5,02 bilhões. Entretanto, seu lucro líquido sofreu uma redução dramática de 29% em relação ao ano anterior, com um total de US$ 468 milhões.

Fonte: The Verge

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp