Professores da rede estadual de ensino em Vazante aderem à greve

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais continuam em greve no estado. Em Vazante, professores das escolas estaduais também decidiram cruzar os braços e aderiram ao movimento grevista, que foi iniciado no dia 8 deste mês.

As escolas Pedro Pereira Guimarães e Carolina Silva já estão com as aulas paralisadas. Os professores da escola Candido Ulhôa deverão decidir ainda hoje se farão a adesão ou não. Na escola JK, os servidores iniciarão a paralisação na segunda-feira (02). Já os da escola Mariana Solis Rosa definiram que não irão aderir à greve, que é por tempo indeterminado.

–––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––

A categoria cobra do governador Fernando Pimentel (PT) o cumprimento dos acordos assinados e o pagamento do piso salarial, e também pede o fim do parcelamento dos salários e do 13º e um atendimento de qualidade pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg).

Segundo os professores, na próxima quarta-feira (4), haverá uma assembleia que definirá se a greve deverá parar ou continuar.

Fonte: Radio Montanheza