PROCON de Vazante alerta para crime contra a economia popular

Procon Estadual pode apurar denúncias de consumidores de Vazante – Foto: Divulgação

Diante de várias manifestações de consumidores nas redes sociais e imprensa local, o diretor do Procon Municipal de Vazante, Orlando Ribeiro, esclarece aos comerciantes que o aumento abusivo de preços de produtos e serviços viola o Código de Defesa do Consumidor.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Tal prática também constitui crime contra a economia
popular, com pena de detenção de seis meses a dois anos, e multa, prevista na
Lei Federal nº 1.521/51.

Conforme o Procon Estadual, a elevação sem justa causa
nos preços de produtos e serviços vem ocorrendo durante a pandemia de covid-19
e pode ser denunciada por meio do site procon.mpmg.mp.br ou
junto aos órgãos municipais de defesa do consumidor.

Agentes do Procon Estadual estiveram recentemente em
Coromandel para apurar denúncias de consumidores da cidade sobre aumentos
abusivos de preços no comércio local. Orlando Ribeiro alerta que o mesmo pode
ocorrer em Vazante.

Ouça áudio abaixo:

Orlando Ribeiro

Fonte: VZ1

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Romeu Zema anuncia escala de pagamento

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta quarta-feira (28/10), a escala de pagamento dos servidores do Estado em novembro. A primeira parcela, com