E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

PRF usa novo bafômetro para agilizar identificação de motoristas embriagados, em Goiás

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás, está utilizando um novo bafômetro que torna mais rápida a identificação do motorista embriagado. Enquanto o aparelho convencional demora cerca de dois minutos para emitir o resultado sobre a ingestão de bebida, com o modelo mais atual esse tempo cai para menos de dez segundos.

“A gente consegue atingir cerca de dez vezes mais indivíduos no que tange à fiscalização de alcoolemia. O equipamento tem uma leitura muito dinâmica e rápida. Um volume do sopro bem menor do que o que é utilizado no outro aparelho já é suficiente pra constatar a possível embriaguez”, diz o chefe da delegacia da PRF, Rodrigo Lobo.

O novo bafômetro emite ainda duas cores: verde, quando o resultado é zero; e vermelho, quando ele bebeu. Como ainda não é homologado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em caso positivo, ele precisa fazer novamente o teste no aparelho convencional. A regulamentação ainda depende de decisão do órgão.

Nele também não é necessário o uso de bocais, pois o motorista não encosta no aparelho. Essa situação ajuda a diminuir os custos. Além de Goiás, ele já é usado também na Bahia e no Distrito Federal.

Quem é flagrado dirigindo embriagado tem a CNH apreendida e tem de pagar multa de quase R$ 3 mil. Acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido, o condutor é levado para uma delegacia.

Fonte: G1

Fechar