Prefeitura fecha festas e bares e monta força tarefa para fiscalizar medidas contra Covid-19, em Patos de Minas

A Prefeitura Municipal de Patos de Minas montou uma força tarefa para fiscalizar as medidas de combate à Covid-19 na cidade. Fiscais sairão às ruas para verificar se as pessoas e os estabelecimentos estão cumprindo as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus. Bares e festas particulares foram fechados no fim de semana. Uma confraternização com mais de 100 pessoas foi flagrada pelos fiscais após denúncia.

De acordo com o coordenador do Procon Municipal, Rafael Godinho, o aumento no número de casos de coronavírus no município vem preocupando as autoridades. E, para evitar a falta de respeito às normas de prevenção à Covid-19, servidores da Secretaria Municipal de Educação e da Secretaria de Cultura se juntarão aos fiscais para fazer cumprir as medidas.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Os servidores verificarão nos diversos locais, principalmente nos locais de maior aglomeração, o cumprimentos das medidas. Eles estarão vestidos com coletes amarelos escritos fiscalização e portando tablets com um sistema capaz de acionar os fiscais para tomarem todas as providências como multa, fechamento e interdição da atividade.

Rafael Godinho explicou que no fim de semana vários bares e festas particulares foram encerrados devido ao descumprimento das medidas. “Uma pequena parte da população ainda não compreendeu os riscos do coronavírus. Vamos fiscalizar para que não aconteça o que vem acontecendo, por exemplo, em Uberlândia. Devemos garantir o bem maior que é a vida”, disse.

Godinho também ressaltou que as pessoas precisam ter consciência e adotarem as medidas preventivas. “Não adiantará a Prefeitura publicar decretos, se as pessoas não tiverem consciência”, ressaltou. E no fim de semana, festas e bares já foram fechados por desrespeito às medidas. Uma delas estava com mais de cem pessoas.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, a confraternização de uma empresa foi encerrada por fiscais da prefeitura na noite do último sábado (20). O evento ocorria na sede do empreendimento, localizado na Avenida JK, no Bairro Residencial Gramado, e foi denunciado via telefone. Mais de cem pessoas estavam presentes, o que infringe a norma que proíbe aglomeração e realização de evento de qualquer natureza. De acordo com a Lei Complementar 626, de 5 de junho de 2020, a empresa poderá ser multada e interditada caso desrespeite o mesmo dispositivo pela segunda vez.

Também no fim de semana, os fiscais fecharam dois bares, um no Bairro Céu Azul e outro na Estrada da Serrinha, que dá acesso à BR 365. Os dois estabelecimentos descumpriam três disposições: horário de funcionamento, permitindo consumação no local e admitindo aglomeração. Os proprietários foram notificados pela primeira vez e, caso voltem a desobedecer às normas, já na segunda vez serão interditados por 15 dias e multados em 100 Unidades Fiscais do Município (UFPMs), algo em torno de R$ 400.

A Prefeitura de Patos de Minas está preparando canais para denúncia 24 horas via WhatsApp. Uma força tarefa, incluindo voluntários para trabalho educativo nas ruas da cidade, também entrará em operação esta semana. Por enquanto, denúncias podem ser feitas pelo telefone 3822-9623 (das 8h às 17h), nas redes sociais oficiais da prefeitura e no canal patosconectado.com.br/#/ouvidoria.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp