Policiais Penais são alvo de operação em várias cidades de Minas que investiga entrada de celulares e drogas em Penitenciária

A Polícia Civil de Patrocínio cumpriu Mandado de Busca e Apreensão, e de Prisão, nesta quarta-feira (24), nas cidades de Patrocínio-MG, Patos de Minas-MG e João Pinheiro-MG, dentro da Operação “Botas”, de combate à formação de quadrilha, tráfico de drogas e promoção de entrada de aparelhos celulares, carregadores e chips na Penitenciária de Patrocínio.

A investigação está em curso há 09 meses e pode apurar o envolvimento dos alvos nesses delitos, sendo que cinco investigados são Policiais Penais e dois alvos são civis que cobravam dos familiares de detentos determinados valores para intermediar a entrega de entorpecentes e aparelhos celulares para os servidores públicos ingressarem com o material ilícito na Penitenciária local.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Foram apreendidos chips de telefones celulares, celulares, computadores e arma de fogo. A Polícia Civil salientou a importância da participação da Polícia Penal e, da população fazendo denúncias através do DDU 181, tornando a ação policial mais eficaz e reiterou o compromisso no combate à criminalidade e na interceptação de possíveis condutas delituosas.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp