Pesquisadores do Ibope começam testes rápidos e já encontram caso positivo de Covid-19 em Patos de Minas

A pesquisa do Ibope em parceria com o Ministério da Saúde
e a Universidade Federal de Pelotas para verificar a prevalência do Covid-19 no
país já começou a ser realizada em Patos de Minas. Os pesquisadores estão em
vários pontos da cidade realizando os testes rápidos e aplicando um
questionário em um morador de cada casa. Os testes serão aplicados em três
etapas. Nesta primeira serão aplicados 250 testes.

Os pesquisadores do Ibope foram às ruas logo pela manhã e
já encontraram o primeiro empecilho. Alguns moradores se recusaram a receber os
pesquisadores e até a Polícia Militar foi acionada por parte dos moradores.
Agentes de endemias acompanham os pesquisadores pelos bairros para facilitar a
abordagem em cada residência. De acordo com a pesquisadora Gilmara Torres, toda
a equipe que veio para Patos de Minas recebeu equipamentos de proteção e foi
submetida ao teste rápido que testou negativo para todos.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Ainda segundo ela, o pesquisador vai até a casa da pessoa
e realiza o teste em um morador da casa. Caso o resultado seja positivo, todos
da casa precisam ser submetidos ao teste também. Caso o resultado seja
negativo, o pesquisador segue para outras casas. Gilmara contou que já na
segunda residência visitada por eles, no bairro Jardim Panorâmico, um teste apresentou
resultado positivo. “É um homem de 48
anos, eletricista e que não possui nenhum sintoma de coronavírus. Ele ficou
bastante assustado com o resultado, pois está em prefeito estado de saúde, ou
seja, é um paciente assintomático
” disse a pesquisadora.

O homem mora com a esposa e no momento da pesquisa, ela
não estava em casa, porém o caso foi repassado para a secretaria de saúde que
deverá acompanhar de perto a situação do casal. Nós conversamos com a Técnica
de Enfermagem, Rosângela Martins que recebeu a visita dos pesquisadores.
Segundo ela, é de extrema importância o trabalho que está sendo realizado, até
para que a população fique mais informada e ciente do que estamos enfrentando.

A moradora, que obteve resultado negativo, mora com o
marido e os filhos e disse que toma todos os cuidados necessários para manter
sua família segura. “Eu chego do hospital
e já vou direto para o banheiro, nós não estamos saindo de casa, meus filhos eu
não deixo mais ir brincar fora de casa, então tudo o que a gente pode fazer
para contribuir nós estamos fazendo
” disse a moradora.

A Secretaria de Saúde orienta aos moradores patenses que,
caso algum pesquisador bata a porta, os receba e contribua para a pesquisa,
pois é uma forma de garantir a segurança da população. Todos os pesquisadores
vão estar acompanhados de agentes de endemias devidamente caracterizados e
identificados.

A segunda etapa dos testes será realizada no dia 24 de
maio e a terceira em 04 de junho. O resultado da pesquisa vai permitir que os
técnicos da saúde conheçam a realidade do município e possam adotar as medidas
de enfrentamento ao coronavírus com mais eficiência.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp