Nova York distribui clone de Game Boy para presos

Presidiários da cidade de Nova York, nos Estados Unidos, receberam um clone de Game Boy para ter o que fazer durante a pandemia do coronavírus. Mais de 3,8 mil detentos ganharam um videogame portátil de US$ 15 comprado pelo Departamento de Correção do governo municipal.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Os portáteis têm o design copiado do Game Boy, mas com algumas diferenças – como os botões X e Y, ausentes no console da Nintendo. Eles não rodam cartuchos, e sim games gravados na memória – não está claro quantos e nem qual tipo de jogo acompanha o console.

Consoles parecidos vendidos pela internet costumam rodar emuladores de consoles antigos, incluindo Nintendinho, Super Nintendo, Mega Drive e o próprio Game Boy.

Segundo o Daily News, os portáteis foram comprados de uma distribuidora pelo valor de US$ 82.500 por 5,5 mil aparelhos, sendo que, destes, 3,8 mil foram destinados aos presidiários.

A medida visa ocupar os prisioneiros de Nova York: em tempos de pandemia, enquanto os criminosos considerados leves foram liberados para controlar o contágio da Covid-19 em cadeias, outros permanecem detidos sem visitas e com contato social reduzido. Assim, os videogames são vistos como uma forma de garantir ao menos um passatempo para eles no período.

Via Kotaku

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp