Netflix permite alterar velocidade de reprodução de filmes e séries

A Netflix lançou um recurso novo que permitirá alterar a velocidade de reprodução de vídeo para usuários do aplicativo no Android. É possível tanto acelerar o conteúdo quanto reproduzi-lo em um ritmo mais lento, como também faz o YouTube. A função estará disponível para todos dentro das próximas semanas.Quem quiser assistir a um vídeo mais lento poderá reproduzir em 0,5x o ritmo normal ou 0,75x. Já para quem estiver com preça, haverá a opção de utilizar uma velocidade de 1,25x ou 1,5x. A novidade é válida tanto para quem utiliza o serviço em streaming quanto para quem baixa os vídeos para reprodução offline.Apesar de aparentemente inofensivo, o recurso, que vem sendo testado desde 2019, foi polêmico e foi recebido com críticas de atores, diretores e produtores de Hollywood, que se queixavam de que o material que criam foi feito para ser consumido do jeito que foi publicado. O diretor Judd Apatow chegou a publicar em suas redes sociais que não é direito dos distribuidores modificar a forma como o conteúdo é apresentado.A Netflix tomou algumas medidas para tornar o recurso mais palatável. O aplicativo poderá mudar o ritmo de reprodução, mas também fará as correções de tom para que as vozes não fiquem mais agudas quando os vídeos estão mais rápidos, nem mais graves quando mais lentos.Além disso, sempre que o usuário quiser assistir a algum título, ele precisará ativamente mudar a velocidade de reprodução. O objetivo é evitar que, por acidente, um vídeo comece a ser exibido em um ritmo diferente do desejado pelo usuário só porque ele acelerou a reprodução de outro filme ou série.Segundo a Netflix, o recurso tem sido pedido por anos pelos usuários, não apenas por questão de gestão de tempo, mas também por acessibilidade. A alteração da velocidade permite desacelerar cenas para ler melhor legendas, o que pode ser importante para surdos, enquanto cegos estão acostumados a reproduzir áudio em uma velocidade muito maior do que é confortável para as pessoas que podem enxergar.Por enquanto, o recurso está disponível no Android, e a Netflix pretende começar a experimentar a função também no iOS e no player da web. Ainda não há previsão para quando a função pode começar a ser testada em TVs.
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Guarda-Mor registra novos casos da Covid-19

Guarda-Mor teve seu quadro epidemiológico da Covid-19 alterado, conforme o boletim divulgado pela secretaria Municipal de Saúde, nessa quinta-feira (17). Mais dois casos positivos foram