Mundo chega à marca de 1 milhão de curados da Covid-19

Em meio a tantas notícias preocupantes sobre a pandemia, um motivo para comemorar: segundo o painel da Johns Hopkins University, que agrega informações sobre o progresso mundial da Covid-19, o mundo atingiu na tarde desta quinta-feira (30) a marca de 1 milhão de pessoas curadas da doença. Para ser preciso 1.004.483, no momento em que esta nota é escrita.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Isso representa 31% dos mais de 3,2 milhões de casos registrados globalmente desde o início da pandemia. O país que lidera o ranking de recuperados é a Espanha, com 138 mil casos, seguido pelos EUA com 124 mil e Alemanha com 123 mil.

Não existe um “remédio” para a Covid-19. Nos casos mais leves o tratamento consiste em deixar o organismo combater a doença, com medicamentos para aliviar sintomas como dor ou febre. Nos casos mais graves o paciente pode precisar de ventilação mecânica para respirar.

Esta é a principal preocupação das autoridades, pois o número de pacientes que precisam de internação e ventilação pode facilmente exceder o número de leitos e equipamentos disponíveis.

No Brasil ainda estamos na “subida” da curva da pandemia. Segundo dados do Ministério da Saúde há quase 80 mil casos confirmados no país, com mais de 5.500 mortes. Entretanto, estudos indicam que há uma subnotificação maciça de casos, e que o número real pode chegar a 1 milhão e 200 mil.

Fonte: COVID-19 Dashboard by the Center for Systems Science and Engineering (CSSE) at Johns Hopkins University (JHU)

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp