Uma briga de namorados por pouco não terminou em morte no final da madrugada do último domingo (20/05) no Bairro Lídice em Uberlândia. De acordo com a Polícia Militar, um casal de namorados teria discutido no interior de sua residência e em determinado momento, o homem de 32 anos, teria ateado fogo na vítima, uma mulher de 30 anos.

Segundo relato da vítima, o suspeito estava consumindo bebida alcoólica e os dois haviam discutido. Após o bate boca, a mulher teria ido dormir e deixou o companheiro na sala, quando ela acordou e foi até o cômodo se deparou com o namorado segurando um frasco de álcool. Neste momento, ele teria jogado o líquido inflamável no corpo da vítima e em seguida colocado fogo.

Desesperada, a mulher correu com o corpo em chamas e conseguiu se molhar no banheiro. Temendo que o suspeito tentasse mais alguma coisa, ela se deslocou até um bar onde pediu socorro. O Corpo de Bombeiros rapidamente compareceu ao local e prestou os primeiros socorros.

A mulher foi encaminhada as pressas até o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. A PM também foi notificada e iniciou rastreamentos.

Com queimaduras de primeiro e terceiro grau em diferentes partes do corpo, tais como nos membros superiores, inferiores, tórax, abdômen, perna e face, a vítima permaneceu internada sob cuidados médicos. Cerca de 40% do corpo foi queimado pelas chamas, segundo avaliação.

A surpresa veio quando o suspeito tentou visitar a namorada no hospital. Os funcionários cientes do acontecido avisaram os militares que realizaram a prisão em flagrante. Ele negou o crime, mas assumiu ter bebido, consumido substância ilícita e discutido com a companheira.

A perícia técnica da Polícia Civil compareceu no imóvel on

Fonte: Triângulo notícias