Moto elétrica simula sons e comportamento de motos do passado

Um argumento comum contra as motos elétricas é que elas não têm “personalidade”. Falta o ruído do motor, a vibração, a curva de potência dos modelos com motores à combustão. Para tentar unir o melhor dos dois mundos a empresa italiana 2Electron criou a Emula, uma moto elétrica capaz de emular o comportamento de várias motos à combustão do passado.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

A moto tem alto-falantes que simulam o som do motor e do escapamento dos modelos antigos. Um sistema de marchas virtuais controla quanto do torque do motor está disponível a cada momento, e há até atuadores dedicados para fazer várias partes da moto vibrar de acordo com a “rotação” do motor.

Entre os perfis disponíveis estão motores de 600cc com quatro cilindros em linha, 250cc em dois tempos ou um motor bicilíndrico de 800cc, entre outros. Tudo é controlado por um tablet no guidão, conectado a um computador de bordo que a 2Electron chamada de “McFly Engine”, em referência aos filmes da série “De Volta para o Futuro”.

 

Reprodução

Painel da Emula. Fonte: 2Electron

Além dos modos “retrô” a Emula também tem o “modo entediante”, em que se comporta como uma moto elétrica comum com velocidade máxima de 250 km/h. No momento a Emula é um protótipo, sem previsão de preço ou data de comercialização.

Fonte: New Atlas

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp