Microsoft demonstra cara completamente renovada do Office

Há quantos anos o Microsoft Office é basicamente a mesma coisa do ponto de vista visual? Pelo menos desde 2007, quando a empresa adotou a interface “ribbon”, com todos os elementos e botões na parte superior da tela que até hoje. Só agora, depois de mais de uma década, a empresa prepara uma renovação significativa de visual.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Os planos foram revelados pelo chefe de design da Microsoft, Jon Friedman, em uma publicação no Medium. Ele não estabeleceu um prazo para quando a nova identidade será implementada, dizendo apenas que a mudança deve acontecer dentro de um ano ou dois.

Reprodução

Pelas imagens publicadas por Friedman, fica claro que o foco da Microsoft com o Office será remover distrações dos usuários. E isso significa eliminar boa parte dos elementos de interface para focar dar mais espaço para os documentos, planilhas e apresentações. As cores fortes usadas para diferenciar aplicativos passa a ser mais delicada, mas também há questões de usabilidade envolvidas no redesenho.

“Para reduzir o stress e ansiedade que as distrações criam, nos perguntamos como criadores de um produto como podemos atirar menos tarefas no seu caminho para reduzir o número de notificações. Como podemos ajudá-lo a se sentir bem sobre fazer uma pausa no trabalho para que você possa retornar com uma capacidade renovada de foco? Quais visuais irrelevantes podemos remover para que o seu conteúdo, não a interface, se torne o único foco?”, questiona Friedman.

A resposta é minimizar a barra ribbon na parte superior da tela, e substitui-la por uma nova experiência de uso, com uma barra de ferramentas mais simples que pode ser movida pela tela para onde o usuário preferir. Esse elemento é inteligente, capaz de apresentar comandos contextuais relevantes reconhecidos com base nas suas ações. 

Friedman conta ao site The Verge, que a interface ribbon foi pensada inicialmente para o uso no PC em uma outra época. De lá para cá, dispositivos móveis passaram a ser parte fundamental da vida das pessoas, e a criação de uma nova identidade visual unificada passaria necessariamente passa por pensar em uma interface que se adapte melhor a todos os dispositivos.

Uma outra parte importante do redesign é um novo foco em uma barra de pesquisas centralizada na parte superior da tela. É uma identidade que já tem sido implantada no Office e no Teams, mas agora ela ganhará um novo destaque, que pode ser comparado à barra de endereços de um navegador, como o Edge. Os botões de avançar e voltar, inclusive, parecem sair diretamente de um browser.

Friedman, no entanto, admite que boa parte do que foi revelado ainda está em fase exploratória, o que significa que muita coisa ainda pode mudar até o lançamento desse novo visual, ainda que boa parte dos elementos possam estar disponíveis no prazo de um a dois anos.

A empresa também está acompanhando como a pandemia de Covid-19 está afetando o fluxo de trabalho de seus usuários. A empresa diz estar conduzindo estudos globais para entender as novas dinâmicas, para poder projetar seus softwares de acordo com as novas demandas, o o que pode ter grande impacto no design dos produtos.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp