E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

Marlon e Daniel vencem o 13° Festival de Música de Vazante

Foram seis dias de muitos sons, entretenimento, musicalidade. Nesse sábado, 17 de novembro encerrou-se a décima terceira edição do Festival de Música de Vazante — FESTIVAZ. Na verdade o encerramento aconteceu na madrugada deste domingo (18), pois uma noite foi muito pequena para suportar tamanha emoção incontida, dos artistas à plateia.

Depois de 16 apresentações era chegado o momento de decidir quais seriam os premiados. Na soma das notas, houve um empate entre os primeiros colocados. Em uma breve discussão, os jurados decidiram por declararem vencedora, a dupla Marlon e Daniel de Araxá – MG. Os sertanejos cantaram e encantaram o público presente e convenceram os jurados, interpretando “Não tenha dúvida” — de Danimar, Carlos Randall e Tivas — eternizada nas vozes de Zezé de Camargo e Luciano.

A simplicidade dos cantores ganhou destaque entre o público presente. Emocionado, o primeira voz Marlon não conteve às lágrimas e desabafou, lembrando que deixou em casa a filha doente. “Não foi fácil”, disse. Residentes em Araxá, Marlon é natural de Foz do Iguaçu-PR, enquanto Daniel nasceu na própria Araxá-MG. Eufóricos, agradeceram a amigos e familiares pelo incondicional apoio e destacaram o nível e organização do evento: “Estamos acostumados com esse tipo de disputa, mas difícil dessa intensidade de competência dos participantes”.

Bénício Souza, de Paracatu, ficou em segundo, cantando Flor de Lis – Djavan. Mateus Rocha (Vazante) em terceiro, Bárbara Rosa (Vazante) em quarto e Ana Soares (Paracatu), quinto, completaram a lista dos premiados na disputa geral.

Ainda houve uma premiação especial para vazantinos (as) melhores colocados (as) nas modalidades sertanejo, banda, solo e infantil. Foram as seguintes exibições: Vinícius Moreira (infantil), Bárbara Rosa (solo), Kaio e Danilo (sertanejo) e Banda Sigma.

O FESTIVAZ retorna em 2019. Segundo o prefeito Jacques Soares Guimarães, com estrutura e premiação ainda maior.

Fechar