O YouTube anunciou planos de desativar a capacidade de promover vídeos, playlists ou livestreams por meio de notificações em vídeo a partir de 14 de dezembro.

Segundo o portal de vídeos, apenas uma em cada 20 pessoas clicam nas sugestões, enquanto outros foram levados a um livestream já encerrados – sem dúvida, uma péssima experiência.

Para evitar confusões, esta é a funcionalidade que será descontinuada… para continuar lendo, clique aqui.