A equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) conseguiu apreender 70 kg de pasta base de cocaína em Ituaçu, região central de Goiás. O que chamou a atenção dos policiais foi o local onde a droga, avaliada em R$ 3 milhões, estava escondida. Os criminosos criaram uma armação de ferro para colocar a carga dentro dos pneus de uma caminhonete (veja vídeo). Três homens foram presos.

A operação foi realizada na segunda-feira (18) e contou com o apoio da Polícia Federal. As imagens mostram os policias retirando os pacotes de droga do espaço entre os pneus e as rodas. De acordo com o major Daniel Pires Aleixo, comandante da Rotam, o carregamento é oriundo da Bolívia. O motorista saiu do Mato Grosso e iria distribuí-lo em Goiânia.

“Nós compartilhamos informações e começamos a fazer campana há 4 dias. Então visualizamos a caminhonete seguindo para um sítio da cidade, onde fizemos a abordagem”, disse ao G1.

Ainda de acordo com Aleixo, o flagrante ocorreu quando o motorista repassava a droga para outros dois homens. Os três, de 47, 29 e 21 anos, foram detidos. Todos já tinham passagem por tráfico de drogas e um deles usava tornozeleira eletrônica.

“No momento em que chegamos, eles já tinham tirado a roda dianteira direita e estavam retirando a droga. Então colocamos o pneu de estepe e levamos o veículo para a sede da PF, onde retiramos os outros três pneus e também encontramos pasta base dentro deles”, explicou o major.

Para acondicionar a carga, os criminosos criaram uma engenhoca que consistia em uma armação de ferro dentro do pneu. Além disso, também foi colocado óleo diesel no recipiente para disfarçar o cheiro e tentar ludibriar as forças de segurança.

Além da caminhonete, o trio e a droga também foram levados para a sede da PF, em Goiânia. Eles serão indiciados por tráfico internacional de drogas e associação criminosa.