Pesquisas da Kaspersky Lab mostram que o período de festas costuma ser fortemente marcado pelo crescimento dos ataques de phishing e outros

O fim de ano é um período aguardado por muitas pessoas: seja para comemorar conquistas, planejar o próximo ano, ou até mesmo para ir às compras. Mas além do consumidor e dos varejistas, os cibercriminosos também aguardam por este período. Com 50% da população mundial conectada à internet, o risco de algum usuário clicar em um link malicioso é bem grande. 

No quarto trimestre de 2016, o número de usuários que se depararam com malware capaz de roubar valores ou informações financeiras valiosas alcançou 319.000 – 22,49% mais que no mesmo período de 2015. Durante a Black Friday, Cyber Monday e o período de Natal foi identificado um aumento no número de ataques.  Mesmo assim, o padrão durante esses períodos é diferente: aumentos na dinâmica de ataques acontecem um ou dois dias antes das datas específicas.

Clique aqui para continuar lendo.