James Eric Davis Jr., o estudante de 19 anos suspeito de atirar e matar seus pais no campus da Universidade Central de Michigan e fugir na sexta-feira (2), foi detido pela polícia na madrugada deste sábado (3), informou a universidade em comunicado.

Ele foi visto em uma passagem de trem por uma pessoa, denunciado e detido por forças de segurança sem incidentes pouco depois da meia noite, segundo a universidade.

Mais de 100 agentes, alguns fortemente armados, buscavam o universitário pela vizinhança. As autoridades federais, estaduais e locais procuravam por Davis usando helicópteros e cães policiais.

Ele é suspeito de matar a tiros sua mãe e seu pai, um policial, dentro de um dos prédios de dormitórios. O porta-voz da polícia da universidade descreveu o caso como um “tipo de problema familiar”.

Onde fica a Universidade de Michigan (Foto: Arte G1)Onde fica a Universidade de Michigan (Foto: Arte G1)

Onde fica a Universidade de Michigan (Foto: Arte G1)

Porte de armas

Não se sabe ainda qual o tipo de arma que Davis usou ou como ele a adquiriu.

O estado de Michigan permite o porte de armas com autorização, mas a Universidade Central de Michigan as proíbe em todo o campus.

Pais de diversos estudantes estavam na universidade, localizada a cerca de 200 km a noroeste de Detroit, para buscar seu filhos para o feriado de spring break.

Incidente com drogas

Davis, que mora no estado vizinho de Illinois e frequentava a faculdade em Michigan, era conhecido por agentes de segurança.

A polícia o levou ao hospital na noite anterior aos disparos por um “tipo de incidente relacionado com drogas: uma superdose ou uma má reação às drogas”, afirmou o porta-voz da polícia do campus, Larry Klaus. Ele foi liberado pela equipe do hospital.

Fonte: G1