A notícia de que a campanha de vacinação conta a gripe se iniciava nessa segunda (23 de abril) movimentou a população que seguiu até os postos para se imunizarem, antes da Festa da Lapa.

Ocorreu que, poucas pessoas se vacinaram e as vacinas se esgotaram. Os postos de saúde receberam poucas doses, não conseguindo atender a procura da população.

Eles informaram que, nos próximos dias devem chegar mais doses e pedem a paciência, pois continuarão vacinando a população.

 

Quem deve se vacinar

Baseado no que determina o Ministério da Saúde, o público-alvo da vacinação são recém-nascidos de seis meses a crianças de quatro anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e mulheres puérperas, de 45 dias após o parto e idosos com idade acima de 60 anos e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis (com prescrição médica com indicação da vacina).

Trabalhadores da saúde e professores da rede pública e particular também fazem parte do público-alvo. Mas, para que possam receber a vacina, esses profissionais devem comprovar o seu vínculo com a área que atuam, através da carteira de trabalho ou de outro tipo de documento, tal como, contracheque.