Kimi Räikkönen está garantido por pelo menos mais uma temporada na Ferrari. A escuderia de Maranello anunciou na última terça-feira (22) a renovação do seu contrato até o fim de 2018. Sem vencer uma corrida no Mundial de F1 desde 2013, Kimi se garantiu na mais tradicional equipe do grid graças à sua experiência, regularidade e também por contar com o aval do #1 do time, Sebastian Vettel, que deve ter seu contrato renovado também em breve.

Perto de completar 38 anos, Räikkönen é o piloto mais velho do grid atual da F1. Mesmo assim, o finlandês deixou claro que não perdeu a motivação na categoria, pelo contrário.

“Não teria assinado se não estivesse curtindo e se não tivesse uma boa cooperação com a equipe e as pessoas”, afirmou o ‘Homem de Gelo’ durante evento com a imprensa em Helsinque, capital da Finlândia, horas após a confirmação de um acordo que só foi anunciado na terça-feira, mas que foi fechado há algum tempo.

“Nós começamos a discutir [a renovação] em um estágio tardio e rapidamente chegamos a um acordo. Não levamos muito tempo sobre isso. Já sabia disso há algum tempo, mas só agora li nos jornais”, destacou.

Quanto ao tempo de duração do novo acordo, de apenas um ano, Räikkönen deixou claro que não liga e que entende até ser melhor um vínculo mais curto. De quebra, o veterano ainda ironizou as constantes especulações sobre seu futuro na F1.

“Nesta altura, é bom encarar uma temporada de cada vez. Não importa, de uma forma ou de outra, se há outro contrato ou não. Sempre tento fazer meu melhor. Provavelmente, em um mês, já vão começar as especulações sobre o próximo contrato”, concluiu o dono do carro #7.

Fonte: ESPN