A Polícia Rodoviária Federal não vai realizar a “Operação Romaria” este ano. O anúncio  foi feito pela direção da Delegacia da PRF de Patos de Minas no início da noite desta quinta-feira (20). A decisão foi motivada pelo contingenciamento da verba destinada à corporação, imposto pelo Governo Federal.

“Em virtude do contingenciamento orçamentário, as rondas e deslocamentos de viaturas estão restritas a situações emergenciais”, informou a nota emitida pela corporação. A “Operação Romaria” é realizada anualmente no mês de agosto para garantir a segurança do grande número de romeiros que trafegam pelas rodovias para participar da festa em louvor a  Nossa Senhora da Abadia.

“Orientamos aos romeiros que atentem para a segurança durante a peregrinação.  Efetuem a caminhada pelo acostamento, em fila indiana e em sentido contrário ao fluxo de veículos.

Utilizem de preferência roupas claras para facilitar a visualização por parte dos condutores. Durante o período noturno utilizem coletes reflexivos ou lanternas, com o cuidado de não direcionarem o foco para os motoristas para não ofuscar a visão destes”, orienta a Polícia Rodoviária Federal.

A corporação orienta ainda que, caso os veículos que dão assistência aos romeiros necessitem de parar durante o trajeto, isso não deverá ser feito no acostamento a fim de evitar que os peregrinos com intuito de desviarem dos veículos invadam a pista de rolamento e se exponham a riscos. “O ideal é que procurem um local seguro para a parada.

Ressaltamos que em caso de emergência entrem em contato com a PRF pelo telefone 191” conclui a nota.

No mês passado, o Governo Federal anunciou a redução de verbas destinadas a Polícia Rodoviária Federal. Desde então, a corporação está limitada a realizar deslocamentos apenas para atendimentos emergenciais.

Fonte: Patos hoje.