A partir da próxima segunda-feira, crianças e jovens poderão se cadastrar para o ensino fundamental público. O prazo vai até o próximo dia 22 (sexta-feira) e será feito totalmente pela internet, por meio dos portais da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e na Secretaria Municipal de Educação de Vazante.

O cadastro funciona de maneira unificada e atende as redes estadual e municipal. Podem participar as crianças que completam seis anos até junho do ano que vem; estudantes transferidos de escolas particulares, de outras localidades ou que desejem retomar os estudos; e os candidatos ao curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A inscrição do candidato deverá ser realizada pelo pai, mãe ou responsável maior de 18 anos. Quem já atingiu a maioridade pode fazer sua candidatura por conta própria. O cadastramento para deficientes, portadores de transtornos globais do desenvolvimento e de altas habilidades/superdotação também será realizado por meio de formulário eletrônico disponibilizado no portal da SEE.

A inscrição é totalmente gratuita. Após o cadastro, os interessados devem ainda realizar a matrícula, que estará aberta do dia 17 de dezembro de 2018 ao dia 21 do mesmo mês e ano. O candidato que não realizar a matrícula dentro do prazo estabelecido será encaminhado à escola que houver vaga remanescente.

Para efetuar a matrícula, o interessado deve apresentar:

– cópia e apresentação do original de documento que comprove o endereço da residência do candidato, em conformidade com o endereço atestado no ato da inscrição, preferencialmente conta de luz recente;

– cópia e apresentação do original da certidão de nascimento ou carteira de identidade e CPF, caso possua;

– comprovante de escolaridade, quando for o caso de transferência de outros municípios, da rede particular de ensino ou retorno aos estudos.

Quem não ter acesso à internet pode procurar a Secretaria Municipal de Educação da cidade. Vale lembrar que quem já está matriculado no ensino fundamental público não precisa se habilitar novamente.

Com informações da Secretaria de Estado de Educação