No sexto dia de ataques criminosos em Minas Gerais, seis veículos foram incendiados entre a noite de quinta (7) e a madrugada desta sexta-feira (8). À noite, um ônibus foi queimado em Belo Horizonte, e outro em Passa Quatro. Na madrugada, os alvos foram um caminhão, em Frutal, dois tratores, em Tupaciguara, e um ônibus, em Itanhandu.

Desde domingo (3), ocorreram ao todo 107 ataques – sendo 67 a ônibus –, em 38 cidades do estado (veja lista completa e mapa ao final da reportagem).

A polícia investiga a ligação entre os casos. Nesta semana, o governador Fernando Pimentel afirmou que ordens para ataques têm partido de facção criminosa, que está insatisfeita com o rigor no sistema prisional do estado.

Belo Horizonte

Na capital mineira, o coletivo incendiado era da linha 8207 (Maria Goretti/Estrela Dalva). O motorista contou à Polícia Militar (PM) que estava sozinho no ponto final, no bairro Maria Goretti, na Região Nordeste, preparando-se para a última viagem do dia, quando foi surpreendido por dois homens, um deles armado.

“Eles disseram: ‘Ei, motorista, retire os seus pertences, inclusive o celular, porque a gente vai pôr fogo no ônibus’. No momento que eles estavam falando, eles já estavam subindo com um galão de cinco litros cheio, espalharam gasolina sob o banco do cobrador ali, do motorista. Eu recolhi as minhas coisas, desci e eles atearam fogo”, falou o motorista.

Ele não ficou ferido e disse ainda que os criminosos só foram embora depois que o fogo se espalhou pelo ônibus. Houve explosões e as chamas atingiram a rede elétrica.

“Começou dando aqueles estouros, né? Pensei: gente, o que é isso? Aí as luzes começaram a piscar. Aí quando eu saí aqui fora o fogo estava alto. Aí eu peguei, fechei as janelas, fechei tudo e fiquei quieta lá dentro”, disse a diarista Catarina da Silva.

Ela mora em frente ao local onde o ônibus foi queimado e disse que não conseguiu sair de casa porque ficou presa pelas chamas. “Eu fiquei tremendo, assustada, porque sozinha dentro de casa, né? Falei: vou morrer aqui sozinha! Se o fogo entrar aqui dentro de casa eu vou acabar morrendo”, completou Catarina.

Sem saber o que fazer, ela ligou para o filho, que chegou minutos depois. “Eu estava próximo aqui, no bairro Concórdia, quatro quilômetros, cheguei com cinco minutos eu cheguei em casa, preocupado com a minha mãe”, contou o socorrista Éder da Silva.

Ela conseguiu sair de casa depois que o fogo foi controlado. Muitos fios de alta tensão derreteram e ficaram espalhados pelo chão. Por causa disso, algumas ruas do bairro ficaram às escuras.

Técnicos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) estão no local para restabelecer a energia. A Cemig informou que os trabalhos vão demorar porque será preciso fazer a troca do poste. Oitenta pessoas foram afetadas pela falta de luz.

“É transtorno, né, para toda família. Igual, minha irmã está com um bebê de nove meses. Então é muito difícil, né? Infelizmente eu não sei aonde a gente vai chegar”, desabafou a comerciante Flaviana Fonseca.

A PM informou que os suspeitos ainda não foram identificados e que o crime pode ter ligação com os outros ataques registrados em todo o estado desde domingo (3).

Passa Quatro

Ainda na noite desta quinta-feira houve um ataque a ônibus na cidade de Passa Quatro, na Região Sul de Minas Gerais. Os criminosos colocaram fogo em um ônibus interestadual, no Centro.

Segundo a PM, o ataque aconteceu por volta das 19h30. Em cinco dias, 37 veículos em 19 municípios foram atacados na região.

Passageiros disseram à PM que dois homens entraram no coletivo e atearam fogo. Ainda conforme a polícia, na hora do ataque, havia cinco passageiros. Ninguém ficou ferido. Os suspeitos fugiram.

Frutal

Um caminhão que estava estacionado no pátio da Prefeitura de Frutal, no bairro Princesa Isabel II, foi incendiado por criminosos na madrugada desta sexta-feira (8).

Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, a cabine do veículo ficou destruída e não houve vítimas. O crime ocorreu por volta da 1h30.

Tupaciguara

Ainda na Região do Triângulo, em Tupaciguara, dois tratores da prefeitura foram parcialmente queimados nesta madrugada.Segundo a PM, o ataque ocorreu no pátio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte.

Os veículos estavam estacionados junto a outros maquinários. Por volta da 1h, uma viatura patrulhava a região quando os militares viram a fumaça saindo do pátio.

Itanhandu

Um ônibus escolar foi queimado durante a madrugada em Itanhandu, na Região Sul de Minas Gerais. Um suspeito, morador foi detido pela polícia e levado à delegacia de São Lourenço.

Ataques desde domingo (3)

Belo Horizonte e Região

  • Belo Horizonte – 3 ônibus atacados
  • Sabará – 1 veículo particular incendiado
  • Santa Luzia – 1 ônibus atacado
  • Ribeirão das Neves – 2 ônibus atacados

Noroeste

  • Brasilândia de Minas – 1 ônibus incendiado
  • João Pinheiro – 1 micro-ônibus incendiado

Centro-Oeste

  • Lagoa da Prata – 2 ônibus atacados
  • Luz – 4 veículos incendiados

Alto Paranaíba

  • Araxá – 2 ônibus atacados e cinco carros atacados
  • Patos de Minas – 1 ônibus atacado
  • Sacramento – 1 ônibus atacado

Triângulo Mineiro

  • Campo Florido – ataque à recepção da Câmara Municipal
  • Frutal – 1 caminhão incendiado
  • Uberaba – 8 ônibus atacados, 1 carcaça de caminhão incendiada, 2 agências bancárias atacadas, 1 caminhão de lixo incendiado, dois veículos do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba (Codau) incendiados, fogo em quatro vias e 1 rádio atacada por coquetel molotov
  • Uberlândia – 10 ônibus atacados, 1 agência bancária e 1 agência dos Correios
  • Tupaciguara – 3 ônibus de viagem incendiados, 2 tratores incendiados

Sul de Minas

  • Alfenas – 3 ônibus atacados e 1 base da PM do Meio Ambiente atacada
  • Alterosa – 1 caminhão de lixo incendiado
  • Brazópolis – tiros contra 1 delegacia e 1 viatura
  • Cruzília – tiros contra 1 delegacia
  • Guaxupé – 6 ônibus atacados
  • Itajubá – 3 ônibus atacados
  • Itanhandu – 1 ônibus incendiado
  • Machado – 1 ônibus atacado
  • Monte Santo de Minas – 2 ônibus escolares atacados
  • Ouro Fino – veículos incendiados
  • Passa Quatro – 1 ônibus incendiado
  • Passos – 3 ônibus atacados; 1 caminhonete incendiada, 1 motorista agredido
  • Poços de Caldas – 2 ônibus atacados; incêndio em galpão de reciclagem
  • Pouso Alegre – 3 ônibus atacados
  • Santa Rita do Sapucaí – 1 caminhão atacado
  • São Bento Abade – 3 ônibus escolares
  • São Lourenço – 1 ônibus atacado, ataque à casa de um policial militar atacado
  • Três Corações – 1 ônibus atacado
  • Três Pontas – 1 carro incendiado
  • Varginha – 1 ônibus e uma viatura atacadas
  • Cambuí – 1 agência bancária
  • Lavras – 1 ataque à base da Polícia Militar

* Contribuíram para esta reportagem o G1 Sul de Minas e o G1 Triângulo Mineiro