Empresas de tecnologia correm contra o tempo para consertar falhas de segurança em chips que deixaram praticamente todos os computadores no mundo – e diversos outros dispositivos – vulneráveis a ataques de hackers.

A indústria de tecnologia está ciente do problema há meses e esperava resolvê-lo antes que a questão se tornasse pública.

Algumas correções foram introduzidas, sob a forma de atualizações de software, ou estarão disponíveis nos próximos dias, segundo a Intel, que fornece chips para cerca de 80% dos desktops e 90% dos laptops em todo o mundo.

Ainda não foram registrados ataques. Mas até que ponto você pode ser afetado? Confira abaixo o que se sabe até agora.

Quais são os bugs?

Pesquisadores identificaram duas falhas de segurança diferentes: Meltdown e Spectre.

Clique aqui para continuar lendo.