Um adolescente de 17 anos foi apreendido e dois carros roubados foram recuperados pela Polícia Militar durante uma operação que durou mais de 20 horas. A ocorrência teve início na noite desta quarta-feira (07/03) com o roubo de um taxi na cidade de João Pinheiro, que seguiu para Patos de Minas.

Segundo o major R. Santos da Polícia Militar, os policiais de João Pinheiro informaram ao comando de operações policiais de Patos de Minas – COPOM que um taxi modelo GM/Spin de cor branca havia sido tomado de assalto naquela cidade e seguido para Patos de Minas. Diante da suspeita, algumas viaturas foram posicionadas em pontos estratégicos e o veículo foi localizado na Avenida Marabá.

Houve perseguição e o carro foi abandonado no Bairro Caiçaras, momento que os dois ocupantes fugiram a pé e se esconderam. Mesmo com um cerco policial nas imediações, os criminosos não foram encontrados.

No dia seguinte, pela manhã, numa chácara às margens da MGC-354, dois criminosos chegaram e tomaram uma picape FIAT/Strada de assalto. Os bandidos estavam com as mesmas características dos assaltantes que haviam roubado o taxi em João Pinheiro.

A Polícia Militar suspeitou que os criminosos teriam evadido no sentido Uberlândia. Várias viaturas da região, inclusive da Patrocínio, Guimarânia e das Polícias Militar Rodoviária e Rodoviária Federal foram informadas do ocorrido. A PRF confirmou que o carro teria passado pouco antes em frente ao posto.

A viatura do comandante da 10ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito estava na rodovia, se dirigindo para Patrocínio e realizou o cerco do veículo. Várias viaturas de Patos de Minas, Patrocínio e Guimârania foram para o local em apoio. A dupla abandonou o carro, próximo ao trevo de Santana de Patos e entraram no mato. O veículo foi recuperado.

As buscas pelos criminosos duraram mais de oito horas. No fim da tarde, os policiais conseguiram localizar o adolescente de 17 anos, porém o comparsa evadiu do local. Ele já foi identificado pelos policiais que continuam os rastreamentos. O jovem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas.

Patos notícias