Tradicional clube do Ceará, onde é considerado a terceira força atrás de Ceará e Fortaleza, o Ferroviário será o próximo adversário do Atlético na Copa do Brasil. Entre os destaques da equipe nordestina que disputará a Série D do Campeonato Brasileiro, neste ano, está a dupla de ataque titular que é formada pelos experientes Juninho Quixadá e Mota.

O primeiro, apesar de pouco conhecido no futebol brasileiro, construiu uma carreira sólida no futebol europeu onde atuou durante seis anos no Ludogorets, da Bulgária, inclusive disputando sete partidas na Liga dos Campeões e outras nove na Liga Europa.

Já Mota, é um velho conhecido dos torcedores mineiros, já que fez parte do time do Cruzeiro, em 2003, ajudando diretamente na conquista da tríplice coroa, marcando 23 gols naquela temporada. Natural de Fortaleza, o atacante começou a carreira justamente no Ferroviário, no fim dos anos 90. Além de Cruzeiro e Ferroviário, Mota também jogou no Ceará, Mallorca-ESP, Chunnam Dragons-COR, Seongnam Ilhwa-COR, Sporting-POR, Pohang Steelers-COR e Bragantino (SP).

Porém, mesmo com essa dupla de ataque, o adversário do Galo na Copa do Brasil, vive momentos distintos em 2018. Enquanto nos torneios regionais (Campeonato Cearense e na Copa do Nordeste) a equipe rubro-negra está praticamente eliminada, na competição nacional, o time vem surpreendendo a cada fase.

Na primeira fase da competição, o Ferroviário derrotou o Confiança-SE por 2 a 1, no Presidente Vargas. Na etapa seguinte, visitou e derrubou o Sport, em uma classificação emociante, quando saiu perdendo por 3 a 0, conseguiu o empate e avançou após vitória por 4 a 3 nos pênaltis. Já na terceira fase, diante do Vila Nova, o time empatou por 1 a 1 no jogo de ida, em casa, mas conseguiu a classificação com um triunfo por 1 a 0 em pleno Serra Dourada.

Enquanto isso, no Estadual, o Ferroviário avançou para a segunda fase, apenas como quarto colocado. Entretanto, a campanha na segunda fase é péssima, em quatro jogos, o time empatou dois e perdeu dois, se tornando o lanterna. Mesma posição que ocupa no grupo B da Copa do Nordeste, que tem ainda ABC, Vitória e Globo-RN. Em quatro jogos, o time cearense só conquistou um ponto.

Série D. Garantido na quarta divisão do futebol brasileiro, o Ferroviário está no grupo A4, ao lado de Cordino-MA, 4 de julho-PI e Interporto-TO. Classificam-se para a segunda fase os 17 líderes das chaves e os 15 melhores segundos colocados. A partir daí, confrontos no formato mata-mata definem o campeão.

Fonte: O tempo