‘Heybaby’: novo aplicativo de namoro conecta mães e pais solteiros

Quem procura namoro na internet nem sempre aceita que o par ideal já tenha filhos. Por outro lado, há quem sonhe com a paternidade e não se sinta confortável para expor esse desejo no Tinder. Para simplificar a vida dessas pessoas, um grupo de pais fundou o “Heybaby”, o primeiro aplicativo específico para quem tem o objetivo de compartilhar a criação de uma criança.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

 

heybaby-2.webp


Usuários precisam preencher o perfil com informações específicas. Imagem: divulgação/Heybaby

 

Compatibilidade que vai além da atração física

Diferente do que acontece em outros lugares, aparecer bonito na foto de perfil não garante um “match” no “Heybaby”. Para se cadastrar no app, o usuário precisa informar suas expectativas para o futuro, hábitos de vida, trabalho e, claro, quantos filhos tem ou deseja ter.

A possibilidade de especificar essas informações já no primeiro contato é o grande diferencial do aplicativo. Chas Mcfeely, um dos criadores do “Heybaby”, disse que “embora os sites de paquera sejam populares, a verdade é que a existência de filhos provenientes de outras relações é um tópico difícil de se abordar durante os primeiros encontros de casais em potencial”. 

Rene Van De Zande, que também faz parte do time de criação, afirmou sentir falta, nos outros aplicativos, de questões sobre dinheiro e religião, por exemplo. Para ele, esses são pontos cruciais que revelam se duas pessoas terão ou não uma compatibilidade duradoura. “Não existe nada pior, para quem tem filhos, do que entrar numa relação e descobrir que não compartilha da visão de futuro do seu parceiro”, completa. 

Por isso, para que os “matches” sejam precisos, o aplicativo faz perguntas detalhistas no momento do cadastro. Uma delas é “Roupas sujas pela casa te incomodam?”, que oferece respostas como “não consigo viver feito um animal” e “gosto de organização, mas não sou pirado com isso”.

Apesar do Brasil não sofrer com a falta de famílias monoparentais, segundo dados Data Popular, o aplicativo pode ajudar muitos solteiros a encontrarem o seu par com mais facilidade. Porém,  “Heybaby” ainda deve demorar a chegar por aqui. Por enquanto, o acesso é restrito à cidade de San Francisco, na Califórnia, mas deve ser expandido para todo o território dos Estados Unidos em breve. Por enquanto, o jeito é torcer para que o seu “match” não se assuste quando souber que seu sonho é ter uma casa cheia de crianças. 

 

Via: Mashable

 

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp