Guarda-Mor tem 4 óbitos pela Covid-19 em investigação; novo decreto proíbe venda de bebidas alcoólicas

Dados da nova atualização da Secretaria Municipal de Saúde de Guarda-Mor, divulgados nesta segunda-feira (1/6), apontaram alteração no registro de casos positivos da Covid-19. Nove novos casos foram confirmados, além de 3 óbitos suspeitos pela doença.

O número de infectados pelo novo coronavírus no município subiu para 520. O quantitativo representa todos os casos registrados desde o início da pandemia.

O mesmo ocorreu com o número de recuperados, que cresceu e foi para 448. Dos 60 casos ativos, 66 recebem tratamento em casa, com 3 pacientes internados em enfermaria e 8 em UTI. Há 49 casos suspeitos aguardando para realização de exames.

O município não registrou novos óbitos pela doença, permanecendo com 8 no total. Contudo, há 4 mortes sendo investigadas, das quais 3 foram incluídas no novo boletim.

O prefeito de Guarda-Mor, Jose Dias de Oliveira, assinou um novo decreto com regras mais restritivas, inclusive com a proibição da venda de bebidas alcoólicas no período de vigência. Ele entrou em vigor nesta terça-feira (1/6) e tem validade até dia 10 de junho.

O novo decreto traz, entre outras medidas, a regulação do funcionamento de alguns seguimentos no município, além de limitar a circulação de pessoas em horário específico, exceto quanto comprovada a necessidade ou urgência. Cultos religiosos e atividades esportivas também foram afetados com as medidas.

O descumprimento das regras e restrições do decreto acarretará em multa conforme a legislação municipal.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp