Governo zera imposto de importação no segmento da energia solar

A inclusão dos novos itens à lista de produtos isentos de tarifa na condição de ex-tarifários terá efeito a partir de 1º de agosto.

O governo Jair Bolsonaro decidiu incluir diversos equipamentos de energia solar em uma lista de bens de capital cujos impostos de importação estão zerados até o final de 2021.

A informação está presente em publicações no Diário Oficial da União da última segunda-feira (20).

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

“Foram beneficiados dezenas de modelos de módulos solares, incluindo monocristalinos e bifaciais, além de alguns tipos de inversores trifásicos para sistemas fotovoltaicos e componentes utilizados nos ‘trackers’, como unidades de controle”, destaca a revista Exame.

De acordo com as resoluções da Camex, também foram isentas do imposto de importação bombas para líquidos usadas em sistemas de irrigação movidos com energia solar.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp