Governo anuncia mais duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo federal vai prorrogar o pagamento do auxílio emergencial aos trabalhadores prejudicados pela pandemia do novo coronavírus. Em cerimônia na tarde desta terça-feira (30/6) o presidente Jair Bolsonaro anuncia a prorrogação do benefício.

Inicialmente, o benefício foi criado para ter três parcelas, mas agora o governo decidiu prorrogar o auxílio por mais duas parcelas.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

A prorrogação não exigirá autorização do Legislativo, pois a lei que criou o benefício (Lei 13.982, de 2020) deu ao Executivo poder para renová-lo por meio de decreto.

“Vamos estender o auxilio emergencial e vai ser anunciado hoje […] Por enquanto, a crise ainda está dentro do mapa que o próprio [ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique] Mandetta tinha deixado quando saiu. Até agora demos os três meses iniciais e vamos continuar porque a curva ainda não começou a descer. Mas acreditamos que vá descer nos próximos três meses. Se não, vamos pensar de novo por quanto tempo teremos fôlego”, afirmou Paulo Guedes em uma reunião virtual nesta terça-feira (30/6) com a comissão mista que acompanha as ações de combate às crises sanitária e econômica.

Informações: Agência Senado

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp