Falha na subestação de Vazante deixa fornecimento de energia comprometido

Subestação móvel de Vazante 25 MVA

Desde o final da tarde de quinta-feira (15), a cidade de Vazante está com problemas no fornecimento de energia. O problema foi provocada por uma descarga elétrica na rede de distribuição de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG). A sobrecarga causou a queima do transformador da subestação do município.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

O reestabelecimento do fornecimento começou durante a noite, mas em muitos locais a energia não chegou.

De acordo com as informações levantadas pela Rádio Montanheza, foi necessária desviar a energia da rede de distribuição de Coromandel para abastecer a cidade de Vazante. Entretanto, o fornecimento está próximo de 75% e muitas empresas, que necessitam de potência elétrica maior, não estão funcionando. A Rádio Montanheza está entre essas empresas.

Além disso, foi solicitado um transformador portátil de Belo Horizonte. Ele saiu ontem à tarde e deve chegar no final da manhã. A previsão é que após instalação e a realização de testes o fornecimento de energia chegue a 100% no final da tarde.

O transformador afetado já passou por uma manutenção. No ano de 2015, uma descarga elétrica causou a queima do transformador, interrompendo o fornecimento de energia. Na época, a CEMIG realizou o mesmo processo para manter o fornecimento de energia na cidade como também em Lagamar, que é atendida pela subestação de Vazante.

Na ocasião, uma subestação móvel de 25 MVA, com capacidade para atender cerca de 25 mil residências, foi deslocada para a cidade.

Como é uma condição provisória, até que a subestação de Vazante seja normalizada, podem ocorrer variações na qualidade da energia fornecida.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp