E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

Fake News: Qual a importância de conferir a veracidade dos conteúdos antes de compartilhar

Muito tem se falado na Internet sobre o termo Fake News, fenômeno já existente há alguns anos, mas que ganhou maior proporção após as eleições do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O termo consiste em espalhar notícias falsas para sociedade.

Boatos que são fabricados, com intuito de gerar um amplo engajamento dos leitores e que tem por finalidade levar alguma vantagem financeira ou até mesmo para beneficiar-se de alguém.

O crescimento do fenômeno se clarifica com o aumento da midiatização, o uso de celulares, os cidadãos em constante busca por informações e a criação de conteúdo por estes.

Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) e divulgada em março deste ano, foi destacado que as notícias falsas são propensas a se disseminar rapidamente por meio das redes.

Além de que nós, cidadãos internautas somos os maiores responsáveis por este compartilhamento de notícias.

Mas afinal, você sabe como identificar uma notícia falsa?

Somos cidadãos do século XXI e somos propensos a interagir nas redes. Recebemos muitas das informações de parentes ou amigos do WhatsApp, por meio de anúncios no Facebook ou no Instagram, entre outras redes.

No instante em que lemos o que nos interessa e que, de certa forma, é importante para sociedade, já compartilhamos, sem ao menos buscar informações mais a fundo sobre a veracidade daquele fato.

O primeiro passo para corrigir este erro, parte de cada indivíduo.

Desconfie de tudo antes de postar ou compartilhar, principalmente das informações mais exageradas.

É essencial fazer a checagem dos fatos em sites de imprensa e investigar as fontes.

Desta forma, você estará colaborando para o bloqueio desses farsantes.

Outra forma de apurar a veracidade dos fatos, é por meio de sites especializados que fazem o serviço de desmentir os boatos das redes.

Alguns deles são:

  • Boatos.org (http://www.boatos.org/): site criado em 2013 e tem como objetivo a busca da veracidade de fatos num geral (futebol, celebridade, política, saúde, educação, entre outros);
  • E-farsas (http://www.e-farsas.com/sobre): site existente há 16 anos, que segue uma linha semelhante ao do Boatos.org;
  • É ou não é? (https://g1.globo.com/e-ou-nao-e/): é considerada uma editoria dentro do site do G1, que foi lançada ano passado com objetivo de apresentar notícias que são realmente verificadas.

Os profissionais

As mídias por sinal, acabam usando muitas das informações das redes e do que ocorre na internet para criar conteúdo, notícia e reportagem.

Por isso, os profissionais e veículos de comunicação, tem como objetivo ir além, investigar com cautela, ter precisão dos fatos, dar credibilidade com fontes seguras e principalmente transmitir com integridade para a sociedade e não faltando com a ética.

Espero que tenham curtido o conteúdo e de certa forma ter ajudado um pouco a entender o que é Fake News.

Nagane Raquel Frey – Marketeiro Confesso

Fechar