Empresário que realizou a venda de chacreamento irregular em Vazante é preso em Patos de Minas

A Polícia Civil de Patos de Minas através da
Delegacia de Furtos, Roubos e Tóxicos em cooperação com a Delegacia de
Vazante/MG, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um empresário de 46
anos, investigado pelos crimes de estelionato e parcelamento irregular do solo.
O homem foi preso na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de Patos de Minas, mas
os crimes teriam sido cometidos em Vazante/MG.

Segundo o delegado Érico Rodovalho, a prisão se
deu após levantamentos realizados pela equipe de investigadores lotada nesta
Delegacia de Furtos, Roubos e Tóxicos, em que levantaram e localizaram o
indivíduo foragido da justiça na própria residência em Patos de Minas, quando
recebeu voz de prisão, sendo encaminhado para a Delegacia em plantão, e em
seguida, será recambiado pelo Presídio Sebastião Satiro.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Sobre os crimes cometidos, o investigado
realizou um chacreamento em Vazante em desacordo com a determinação legal,
portanto, de forma irregular. Por conta disso, foi instaurado o respectivo
inquérito policial. No decorrer das investigações, a Polícia Civil constatou
que o investigado estaria falsificando documentos, bem como estaria vendendo os
mesmos lotes para várias pessoas, incidindo na prática de crime de estelionato.
Diante desse cenário, o Delegado André Luiz Ferreira dos Santos representou
pela prisão preventiva do investigado, sendo deferida pelo Poder Judiciário.

A Polícia Civil aproveita a oportunidade para
alertar as pessoas com os cuidados necessários para qualquer aquisição de
qualquer imóvel para evitar de cair em algum golpe estelionatário,
principalmente em casos similares a este diante de vários chacreamentos em
nossa cidade, e fica a disposição para prestar qualquer apoio com denúncia
ofertada pela população.

Patos
Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp