Empresa planeja rede privada de comunicação entre a Terra e a Lua

Uma empresa norte-americana chamada CommStar quer reduzir o custo da comunicação entre a Terra e a Lua, colocando um satélite retransmissor na “metade do caminho”. Com isso, equipamentos como satélites, landers, rovers e até mesmo missões tripuladas poderão usar transmissores menores, mais leves e que consomem menos energia. E na exploração do espaço, quanto mais leve uma carga, menor o custo de lançamento.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

O satélite terá equipamento óptico para comunicação a laser, acelerando a velocidade de transmissão de dados entre espaçonaves operando no espaço cislunar, ou seja, entre a Terra e a Lua. A Lua é só o primeiro passo: eventualmente a empresa espera operar satélites similares para comunicação com “outros destinos” no espaço.

A empresa quer replicar, no mercado de satélites, o mesmo salto em eficiência e redução de custos que empresas como a SpaceX conseguiram no lançamento de foguetes. O primeiro satélite, batizado de CommStar-1, está sendo construído pela franco-italiana Thales Alenia Aerospace. A empresa planeja colocá-lo em operação já em 2023.

Fonte: TechCrunch

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp