Em João Pinheiro, grávida que teve o bebê retirado da barriga é encontrada morta

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um crime brutal chocou a cidade de João Pinheiro na região Noroeste do Estado, uma jovem de 22 anos, grávida de oito meses, foi assassinada com requinte de crueldade e teve a criança retirada. A principal suspeita, uma mulher de 40 anos quase foi linchada por populares na tarde desta terça-feira (16/10).

De acordo com informações, o corpo de Mara Cristina, 22 anos, foi localizado por populares que ajudavam na busca, com sinais de crueldade extrema. Ela estava com o pescoço amarrado com uma espécie de corda, a meia altura e seu corpo encostado em uma árvore pequena, tudo indica que para ajudar na retirada da criança.

–––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––

Ainda segundo informações, Mara estava com a barriga aberta e as vísceras expostas. O corpo foi localizado em um terreno perto de um Posto desativado da Polícia Rodoviária Federal, as margens da BR-040.

Fonte: PO Noticias

As buscas que marcaram 2018

No final de 2018, o Google anunciou os resultados das buscas do ano, oferecendo uma perspectiva das tendências e destaques do ano baseado nas pesquisas feitas