E agora, apresentando… Game of… Threats!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Com a estreia da última temporada no domingo (14), Game of Thrones chamou a atenção não apenas dos fãs, mas também dos cibercriminosos. A série, que ganhou vários prêmios Emmy e está entre os maiores sucessos da HBO, foi responsável por 17% de todo o conteúdo malicioso pirateado em 2018, com 20.934 pessoas atacadas, de acordo com dados levantados pela Kaspersky Lab. Isso ocorreu mesmo considerando que, ano passado, não foi lançado nenhum episódio novo de Game of Thrones, enquanto as outras séries do ranking, como The Walking Dead (2º lugar) e Arrow (3º lugar), tiveram campanhas promocionais agressivas.

Ao observar a facilidade com que as séries de TV baixadas de fontes ilegítimas podem ser substituídas por versões com malware, os pesquisadores da Kaspersky Lab examinaram esses arquivos maliciosos no período entre 2017 e 2018. Em todos os casos observados, os criminosos usam os primeiros e os últimos episódios de cada temporada…

–––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––

Para continuar lendo, clique aqui.