DENGUE — Quadro epidemiológico em Vazante não sofreu alteração, segundo a SES/MG

A Secretaria de Saúde do Estado (SES-MG) divulgou, na terça-feira (13), o Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika. Os dados são referentes a 1º de janeiro a 13 de setembro de 2022.

De acordo com o boletim, Vazante não sofreu alteração em seu quadro epidemiológico e se manteve com 100 casos prováveis de dengue notificados e 1 óbito confirmado. O boletim não apontou notificações de casos prováveis ou óbitos por Chikungunya ou Zika.

Na região, Lagamar permaneceu no relatório da SES-MG com 3 casos prováveis de dengue, Guarda-Mor com 45 e Lagoa Grande com 189 notificações casos prováveis e 1 óbito confirmado. Os dados são parciais e estão sujeitos à alteração, conforme a rotina de notificação.

Nenhum dos municípios tiveram registros de casos prováveis de Chikungunya ou Zika.

Minas Gerais

Em todo o estado, a SES-MG informou total de 86.009 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue, sendo 62.198 confirmações. Cinquenta e três mortes foram confirmadas e 35 estão em investigação. Em relação à Chikungunya, são 7.277 casos prováveis e 4.698 confirmados. Até então, não há nenhum caso de óbito confirmado por Chikungunya em Minas Gerais, e 3 seguem em investigação. Quanto a Zika, o Estado contabilizou 68 notificações e 24 confirmações, mas sem óbitos.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5
Fonte: SES/MG

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Curso de qualificação de garçons será ministrado em Vazante

A parceria firmada entre a Agência para o Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável de Vazante (ADVAZ), NEXA e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) formará nova turma do curso de qualificação de garçons em Vazante. As inscrições estão abertas. Conforme a secretária da ADVAZ, Ubirana Magela, o curso é direcionado às pessoas com 18 […]

plugins premium WordPress