Dados de usuários do Uber Eats vazam na dark web

Credenciais de usuários do Uber Eats foram encontrados na dark web pela Cyble, uma empresa de cibersegurança que monitora tanto a deep web quanto a dark web, que é a camada mais perigosa da internet.De acordo com a Cyble, nove arquivos TXT – ou seja, arquivos de texto sem formatação – com informações valiosas sobre os entregadores e clientes do Uber Eats foram vazados na dark web por um cibercriminoso.Entre as informações disponibilizadas estavam credenciais de 579 clientes, bem como dados confidenciais de 100 motoristas, incluindo nome completo, número de contato e detalhes do cartão bancário.Vale lembrar que tais dados são valiosos para cibercriminosos, já que lhes dá a possibilidade de acessar as informações pessoais juntamente com os detalhes do cartão – uma combinação perigosa em mãos erradas.ReproduçãoPrint dos dados do Uber Eats vazados na dark web. Imagem: CybleOutras plataformas de entregas de alimento, como Zomato (indiana), Foodora (alemã) e Dunzo (indiana), também sofreram violações de dados anteriormente, vazando dados de milhões de usuários.Ainda que de um segmento diferente, a plataforma de videoconferências Zoom também teve cerca de 530 mil credenciais de usuários vendidas na dark web. Foi a Cyble, mesma empresa responsável por encontrar os dados relacionados ao Uber Eats, que revelou o vazamento referente ao Zoom.É importante ressaltar que o vazamento das informações sobre clientes e entregadores do Uber Eats não significa, necessariamente, que a plataforma tenha sofrido algum tipo de ataque. Afinal, pela quantidade de pessoas afetadas, é mais provável que se trate de hackers que conseguiram invadir plataformas de terceiros.Portanto, confira algumas dicas para evitar ter seus dados vazados por cibercriminosos:Nunca compartilhe informações confidenciais ou pessoais por email, SMS ou mensagens diretas;Use a autenticação de dois ou vários fatores para suas contas, bem como garanta senhas fortes que são difíceis de descriptografar ou decifrar;Monitore suas transações financeiras, se você perceber que algo mudou ou dinheiro sumiu sem sua permissão, entre em contato imediatamente com seu banco;Baixe uma solução antivírus confiável ou use um aplicativo de segurança pré-instalado em seus dispositivos para obter permissões de privacidade, verificação de vírus e proteção de pagamento.Via: HackRead
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Guarda-Mor registra novos casos da Covid-19

Guarda-Mor teve seu quadro epidemiológico da Covid-19 alterado, conforme o boletim divulgado pela secretaria Municipal de Saúde, nessa quinta-feira (17). Mais dois casos positivos foram