E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

Criminosos matam criança de 3 anos e baleiam pai e mãe em tentativa de assalto na Zona Norte do Rio

Uma criança de três anos morreu após ser baleada em uma tentativa de assalto por criminosos na Rua Cardoso de Castro, em Anchieta, na Zona Norte do Rio, próximo ao número 179, por volta das 2h30 desta terça-feira (6). O pai e a mãe foram baleados e levados para o hospital.

A criança chegou a ser socorrida e levada para a UPA de Ricardo de Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a secretaria estadual de Saúde, a menina Emilly Sofia Neves Marriel já chegou morta na UPA. Os pais para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste. O pai foi submetido a uma cirurgia no abdômen.

Os criminosos cercaram o carro e atiraram na família. Segundo a polícia, os criminosos tinham saído da comunidade da Pedreira e estavam roubando carros pelo caminho. Eles acabaram fugindo sem levar o veículo da família.

Família foi baleada na madrugada desta terça-feira (6) (Foto: Cláudia Peixoto / G1)Família foi baleada na madrugada desta terça-feira (6) (Foto: Cláudia Peixoto / G1)

Família foi baleada na madrugada desta terça-feira (6) (Foto: Cláudia Peixoto / G1)

Nove mortos em três dias

O fim de semana foi marcado pela violência no Rio. De sexta (2) a domingo (4), nove pessoas foram mortas na Região Metropolitana do Rio.

Pouco antes da 0h de domingo, um homem morreu depois de ser metralhado dentro de uma ambulância na porta do Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste. Mikael Barbosa da Cruz estava recebendo atendimento, por volta das 23h40, quando criminosos ordenaram que os profissionais saíssem da ambulância e efetuaram os disparos. Mais de 15 tiros atingiram a vítima e o veículo.

Fechar