Covid-19: Brasil registra 552 mortes em 24h; total ultrapassa 57 mil

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Ministério da Saúde atualizaram, neste domingo (28), os dados sobre a situação da Covid-19 no Brasil. Veja os números do último levantamento. 

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––
  • 552 óbitos nas últimas 24 horas;
  • 30.476 casos confirmados nas últimas 24 horas;
  • 57.622 mortes
  • 1.344.143 casos confirmados;
  • 733.848 recuperados.

Reprodução

No dia 19 de junho, o Brasil ultrapassou a triste marca de um milhão de casos de Covid-19 confirmados e também registrou o maior número de casos confirmados da doença em 24 horas: 54.771. No dia 12, o país ultrapassou o Reino Unido em número de mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus e, atualmente, é o segundo país com mais óbitos registrados pela Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos. 

No dia 9, após a polêmica por suprimir os números totais de óbitos e confirmados, o Ministério da Saúde voltou a exibir todas as informações como anteriormente era realizado. Segundo a pasta, o foco passa a ser as mortes que realmente aconteceram ao longo das últimas 24 horas, e não as que foram registradas ao longo do dia.

Situação no mundo

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, o novo coronavírus já infectou mais de 10 milhões de pessoas em todo o mundo, um marco alcançado apenas seis meses após ter surgido na cidade chinesa de Wuhan. O número de mortos por Covid-19 no mundo ultrapassou 500 mil. Por outro lado, mais de 5 milhões de pessoas já se recuperaram da doença.

Impacto regulatório

A InteliGov, startup de monitoramento parlamentar, criou um site de monitoramento automático e parametrizado do Diário Oficial da União e do Legislativo (federal, estadual e municipal) em tempos de crise. Nele, é possível ver todas as menções à Covid-19 no Diário Oficial da União (DOU).

Pioneira na automação do monitoramento de informações governamentais, a InteliGov usa sua tecnologia para atualizar automaticamente as informações a cada hora, no caso do DOU, e diariamente, quanto às iniciativas do Legislativo.

Todo material disponível é gratuito, e dividido em duas categorias: ‘publicações na imprensa oficial’ e ‘proposições legislativas’.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp