Com baixo estoque nas bolsas de sangue, Hemominas convoca doadores

O mês de junho é caracterizado pela aderência a campanha “Junho Vermelho”-destinada a incentivar as pessoas a doarem sangue. A redução de bolsas de sangue é algo corriqueiro nesta época, devido ao clima mais frio, ao período de isolamento social, entre outros. Assim, em tempos de pandemia da Covid-19, os índices de doação ficaram ainda menores.

Em Patos de Minas, a Fundação Hemominas convida os doadores de sangue para aderirem à campanha, em especial os pertencentes ao grupo sanguíneo “O” – que estão em baixa no Hemonúcleo da Capital do Milho. Os meios de agendamento para doar sangue são via telefone (Disque 155 e tecle a opção 1), pela Web (www.hemominas.mg.gov.br) ou pelo Aplicativo MGAPP (disponível na Google Play ou APP Store).

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Em entrevista, a captadora do Hemocentro, Dagma Martinélia, ressaltou que os doadores devem ter entre 16 e 69 anos. Para jovens de 16 e 17 anos e para maiores de 60, há condições especiais, disponíveis também no site da Hemominas. Outra informação importante, salientada por Dagma, é a restrição com relação às pessoas com sinais de gripe/resfriado (tosse, febre, coriza, dor de garganta) e à aquelas que também tiveram contato com algum acometido pelo novo coronavírus (Covid-19). Nesses casos, é necessário aguardar 30 dias após o término dos sintomas para candidatar-se à doação de sangue.

Para doar, é necessário estar em boas condições de saúde, alimentado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas antes da doação e levar documento oficial com foto. As doações são coletadas no horário de 15h às 19h, às segundas-feiras; e de 07h às 11h, de terça-feira à sexta-feira.

Clube Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp