Clube chinês faz proposta por Cueva, mas São Paulo e jogador não aceitam

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Cueva recebeu nova proposta para deixar o São Paulo. O Dalian FC, da China, ofereceu 12 milhões de euros pelo peruano (R$ 48 milhões), mas o meia e o Tricolor não aceitaram a oferta.

Depois de se acertar com a diretoria são-paulina e recuperar a vaga de titular, Cueva quer focar no projeto da Copa do Mundo. Ele é nome praticamente certo na convocação do Peru.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Do lado do São Paulo, a proposta não agradou porque os chineses querem pagar parcelado. Não houve nenhuma sinalização de pagamento à vista. E tem mais: o Tricolor só quer pensar em vender Cueva depois da Copa do Mundo da Rússia. O jogador tem contrato até 2021.

Em janeiro, o São Paulo recusou uma proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita, por Cueva. A oferta era de 7 milhões de euros (R$ 27,8 milhões), com uma promessa verbal de que poderia chegar a 8 milhões de euros (R$ 31,8 milhões).

Isso gerou uma crise entre o São Paulo e o meia peruano, que pediu para não ser relacionado para o jogo contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista. Via rede social, o jogador disse que pediu para ficar fora porque queria ser titular, o que não ocorreria. No fim das contas, após conversa com a diretoria, teve que pedir desculpas aos companheiros e à comissão técnica.

 Fonte: G1