Centro Cultural de Vazante: valorização da arte e cultura local

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Durante 2018, o Centro Cultural de Vazante recebeu centenas de pessoas vindas das mais diversas localidades do estado, país. No ano, 800 turistas das cidades de João Pinheiro, Canabrava, Coromandel, Patrocínio, Patos de Minas, Belo Horizonte, Paracatu, Lagamar, Presidente Olegário, Unaí, Brasília e Gramado–RS, passaram pela Casa da Cultura Ada Fonseca, um dos principais espaços de valorização e disseminação da cultura e arte vazantina. 

Segundo o diretor de Cultura e Turismo, Edyvan Fernando, houve um significativo aumento no índice de visitação da população local. Aproximadamente mil pessoas do município, entre estudantes das escolas municipais, estaduais e particulares, buscaram no referido espaço um meio de apreciar um pouco da nossa história e particularidades. 

–––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––

Desde que assumiu a pasta em 2017, a nova direção da Casa preocupou-se em deixar o ambiente mais interessante e atraente para o público, enriquecendo a biblioteca “Sebastiana Corrêa da Silva” com 600 novos livros e 200 mídias digitais — conquistados com o apoio do deputado estadual Arnaldo — e 1000 livros doados pela população. O Centro Cultural ainda desenvolve diversas atividades e oficinas, oferecidas gratuitamente aos vazantinos: violão, teatro, crochê e viola. Ao todo 106 alunos se inscreveram na última temporada.

O secretário municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer — Renê Rodrigues — destaca ainda o retorno da banda municipal, liderada pelo maestro Eduardo Mariano. “Era um pedido constante desde que o atual governo municipal assumiu a prefeitura.”A orquestra, reestruturada em novembro com a chegada de novos instrumentos, tem tocado em atrações promovidas pela atual administração.

O eclipse lunar de 2019

hegou a hora do primeiro grande evento astronômico de 2019: o eclipse lunar total! Entre a noite deste domingo (20) e a madrugada de segunda