Carreta parada há 4 dias chama a atenção e PM procura por motorista em Patos de Minas

Um mau cheiro sentido por transeuntes chegou a levantar a suspeita de que o condutor poderia estar morto.

A Polícia Militar foi acionada na tarde desta terça-feira (21) em Patos de Minas para verificar uma situação diferente. Funcionários de uma empresa suspeitaram de uma carreta carregada com pedras parada há 4 dias. Um mau cheiro sentido por transeuntes chegou a levantar a suspeita de que o condutor poderia estar morto. Ele não foi encontrado. 

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

O fato aconteceu por volta das 14h30 na Avenida Randolfo Borges Mundim, no Bairro Planalto. De acordo com o Tenente Adriano, funcionários da empresa de reforma de carretas acionaram os policiais relatando que o veículo, em bom estado de conservação e carregado com pedras, estava estacionado regularmente na avenida desde a manhã de sábado (18). 

Eles relataram também ter sentido um mau cheiro vindo da carreta o que levantou a suspeita de que o condutor poderia estar morto em seu interior. Uma empresa de veículos pesados, gentilmente, atendeu a solicitação da Polícia Militar, e enviou um profissional até o local para realizar a abertura do veículo para que seja analisada a situação. 

Dentro da cabine, os policiais encontraram notas fiscais, CRLV do veículo, um par de tênis, roupas, mas não havia documento do condutor. Os policiais procuraram telefone para entrar em contato para saber o que poderia ter acontecido, mas não encontraram. O veículo pertence a uma empresa de Santa Catarina que foi contatada para informar sobre a situação. 

O oficial informou que toda a documentação da carreta está regular e não havia queixa de furto ou roubo. Os policiais seguem em diligências para tentar encontrar o motorista da carreta e assim saber o que pode ter acontecido.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp