Brasileiros podem ter bolsas para cursos em Nova York com tudo pago pela Obama Foundation

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Estão abertas as inscrições para mais uma edição das bolsas de estudo para cursos em Nova York. A iniciativa é da Obama Foundation, que tem como CEO do programa o ex-presidente americano Barack Obama, juntamente com a ex-primeira-dama que é formada em Direito, Michelle Obama. Foundation Scholars é um programa focado em jovens líderes.

O curso é voltado para engajamento de liderança e aprendizado acadêmico e tem aproximadamente um ano de duração. Os contemplados estudarão na Universidade Columbia e as inscrições vão até 13 de dezembro. Os estudantes contarão com workshops com subtemas como gestão, interpretação de dados, resolução para conflitos e como falar em público.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Com o intuito de capacitar ainda mais profissionais, o programa é voltado para quem tem experiência no comprometimento de serviço e liderança dentro de uma comunidade, bem como o compromisso de voltar a essas comunidades ao fim do programa.

Para concorrer às bolsas da Obama Foundation, é preciso ter acesso ao formulário e preencher todas as informações pedidas, com este link. Além de disponibilizar o currículo atualizado do candidato, também três cartas de recomendação, que podem ser de familiares ou de trabalho. É necessário também ter proficiência em inglês comprovada por meio de um vídeo, o personal statement, com duração de cinco minutos e que deve ser compartilhado no YouTube ou Vimeo, com o link disponível no formulário. Todos esses requisitos devem ser atendidos até 13 de dezembro, data limite das inscrições.

Bolsas de estudo no Brasil

É possível também estudar aqui, sem sair do país, com bolsas de até 70% de desconto para cursos de graduação, especializações, MBA e pós-graduação. O Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional, já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes. 

FONTE: TRIÂNGULO NOTÍCIAS