Bramon calcula a trajetória do meteoro brilhante sobre Sertão Pernambucano

Por Marcelo Zurita*

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

 

Um grande bólido foi avistado na noite dessa quarta feira (15) de várias cidades do Sertão Pernambucano e também de cidades vizinhas. O fenômeno incomum causou espanto nos moradores da região. Muitos usaram a internet e as redes sociais para buscar informações sobre o corpo celeste que haviam visto.

A partir dos relatos enviados pelas redes sociais, a Bramon – Rede Brasileira de Observação de Meteoros e o Clima ao Vivo, buscaram por imagens do bólido em suas câmeras e encontraram registros espetaculares do fenômeno em sete cidades dos estados de Pernambuco, Ceará e Bahia.

 

 

Após análises preliminares, a rede calculou a trajetória do bólido, concluindo que ele surgiu entre os municípios de Princesa Isabel (PB) e Carnaíba (PE) e seguiu na direção sudeste, desaparecendo no céu a Sul do município de Arcoverde (PE).

trajetoria.jpg

Trajetória preliminar do bólido. Créditos: Bramon

  

Apesar do susto que causou, meteoros como esse não trazem qualquer risco para a população. A Bramon ainda trabalha na análise dos vídeos para determinar outras informações sobre o bólido e avalia se o evento pode ter deixado meteoritos em solo pernambucano.


Marcelo Zurita é presidente da Associação Paraibana de Astronomia – APA; membro da SAB – Sociedade Astronômica Brasileira; diretor técnico da Bramon – Rede Brasileira de Observação de Meteoros – e coordenador regional (Nordeste) do Asteroid Day Brasil 

 

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp