E-mail: [email protected] - WhasApp: (34) 9 9810-5536

Atlético e América iniciam disputa por uma vaga na decisão do Campeonato Mineiro

Pela sexta vez, Atlético e América se enfrentam em uma fase final de Campeonato Mineiro desde quando a competição passou a ser disputada no atual formato. Com mando de campo do Galo, os rivais iniciam nesta quinta-feira, às 20h, no Independência, o confronto por uma vaga na decisão do Estadual.

Acompanhe, a partir das 20h, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narrações de Mário Henrique (1º tempo) e Ênio Lima (2º tempo), comentários de Léo Figueiredo e Junior Brasil e reportagens de Cláudio Rezende, Emerson Romano e Thiago Reis.

Para chegar às semifinais, o América venceu o Boa Esporte por 1 a 0 nas quartas de final, enquanto o Atlético bateu a URT pelo mesmo placar. Ambos os jogos aconteceram no Horto.

Como fez melhor campanha na fase de classificação, o Coelho terá a vantagem de jogar por dois resultados iguais (dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols) para avançar à final. Dos seis duelos entre as equipes, será a primeira vez que o América terá o benefício a seu favor.

Desta forma, caberá ao Atlético reverter a vantagem do América nesta primeira partida. “É jogo decisivo, não pode sair da partida um minuto sequer. É o primeiro jogo, mas você pode perder a classificação se jogar mal por 10 ou 15 minutos. Então, é foco total. O América tem uma grande equipe, já nos enfrentamos, vencemos por 3 a 0 na primeira fase, mas ficou no passado. Será um novo jogo, agora, diante do nosso torcedor. A gente espera o apoio total para que possamos fazer um bom jogo, vencer e inverter a vantagem”, disse o volante Elias.

No duelo da fase de classificação, o Atlético venceu por 3 a 0 em jogo marcado por polêmicas com a arbitragem comandada por Igor Junio Benevenuto, sorteado para apitar novamente o clássico desta quinta-feira. Mas não foi o árbitro o centro da discussão e sim o auxiliar Guilherme Dias Camilo, que deu um gol a favor do Galo, mas, em um lance bastante similar, não validou o do Coelho (que seria o gol do empate por 1 a 1).

“É um jogo extremamente difícil, um clássico. A gente sabe da qualidade da equipe do Atlético e que vamos precisar fazer um jogo muito próximo da perfeição para conquistar um bom resultado”, destacou o técnico Enderson Moreira.

Mistério nas duas equipes

Após o último treino, os treinadores de Atlético e América adotaram o mistério e não adiantaram as escalações para o clássico.

No Galo, a principal dúvida é se Otero retorna ou não ao time após ser sacado contra a URT por ter feito uma cirurgia estética no nariz sem informar os médicos do clube. Com conjuntivite, o volante Arouca é desfalque. Recuperado de lesão, a novidade na lista de relacionados é o retorno de Yago, que ficará como opção no banco de reservas.

No Coelho, o técnico Enderson Moreira trabalhou a equipe com duas formações nesta quarta: no meio-campo, começou com Juninho e terminou com David, que ficou mais tempo; no ataque, iniciou com Marquinhos e finalizou com Luan.

Já o goleiro João Ricardo é a grande novidade para o jogo. O camisa 1, que passou os dois últimos dias no departamento médico, treinou normalmente nesta quarta-feira e garantiu a Enderson Moreira que está bem para entrar em campo nesta quinta.

Cartões

Pelo lado do Atlético, três jogadores estão pendurados e precisam ficar atentos para não desfalcar o time no segundo jogo da semifinal: o zagueiro Leonardo Silva e os laterais-direitos Patric e Samuel Xavier. No América, dois atletas têm dois cartões amarelos e necessitam da mesma atenção: o zagueiro Rafael Lima e o meia Gérson Magrão.

Atlético x América

Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Erik (Otero), Cazares e Luan; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

América: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; David (Juninho), Zé Ricardo, Serginho e Marquinhos (Luan); Aylon e Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira

Motivo: jogo de ida – semifinal do Campeonato Mineiro
Data: 22 de março de 2018, quinta-feira, às 20h
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Auxiliares: Felipe Alan Costa Oliveira e Ricardo Júnio de Souza
Adicionais: Emerson de Almeida Ferreira e Jerferson Antônio da Costa.

Fonte: Rede Itasat

Fechar