Anvisa suspende venda de oito produtos de limpeza

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta quinta-feira (21) a proibição e suspensão de oito produtos de limpeza de diversas marcas. Confira a lista e o motivo para as medidas adotadas:

Registro vencido

Estão proibidos a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto Desinfetante Estrela fabricado pela empresa Estrela Produtos de Limpeza LTDA-ME. Motivo: Registro vencido desde junho de 2013

–––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––

Irregularidade

O Álcool Gel 70 Higienizante Antisséptico fabricado pela empresa Aditti Cosméticos LTDA-ME apresentou teor alcoólico abaixo do valor declarado, segundo laudo de análise 29.1P.0/2017 emitido pelo Laboratório de Saúde Pública do Paraná.

Estão proibidos a distribuição, divulgação, comercialização e uso dos seguintes lotes: 040116, 080116, 080216, 060316, 090316, 010416, 030416, 040416, 050416, 070416, 020516, 050516, 080516, 020616, 030716, 080816, 081216, 110217, 020317 e 050317.

Lotes sem registro

Estavam sendo vendidos, lotes não autorizados do Desengraxante Imbrasquim (produzidos na época em que o produto não possuía registro na Anvisa). O produto é fabricado pela Química Do Brasil – LTDA-ME e só foi registrado em 23/8/2017, portanto, todos os lotes fabricados antes dessa data estão suspensos e devem ser recolhidos do mercado.

Produtos sem registro

Todos os produtos fabricados pela empresa Rodrigo Borges Dias – ME estão proibidos de serem fabricados, distribuídos, comercializados e usados pois não possuem registro na Anvisa. Isto significa que não passaram por análise para saber se apresentam riscos para a saúde.

E pelo mesmo motivo, o produto Gel Higienizante Para As Mãos – Fixed, fabricado pela empresa MZ3 Indústria e Comércio de Cosmético LTDA – EPP também está proibido de ser fabricado, distribuído e comercializado.

Produtos que apresentaram resultados insatisfatórios nas análises de laboratório

Resultados de análises fiscais de alguns produtos foram insatisfatórios. Isso significa que os saneantes não atenderam aos padrões.

O lote 16043615 do produto Álcool Gel – Ciclo Gel 70 fabricado pela empresa Ciclo Farma e o lote 1607650 do produto Álcool Gel Xô H1 fabricado por Nutracom Indústria e Comércio Ltda. foram suspensos, pois apresentaram resultado insatisfatório na análise de rotulagem e no ensaio de Teor Alcoólico a 20 °C.

Já o lote 1A216 do produto Água Sanitária Flora, fabricado pela empresa Solar Brauna Produtos Químicos LTDA, apresentou resultado insatisfatório nas análises de aspecto, teor de cloro ativo e rotulagem.

Fonte: Notícias ao minuto.